quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

////

A Lagoa Azul: Dia de Brooke Shields em Salgueiro

Obs: Não percam a oportunidade de clicar nas fotos para aumentá-las. Elas não estão com o padrão de qualidade RecifEstranho. Caso alguém se interesse, os originais estão à venda.

Especulações apontam: Nova versão
será filmada em SALGUEIRO
Lançado na década de 80, a Lagoa Azul (The Blue Lagoon) atraiu grande público. Estrelado por Brooke Shields, o filme foi exibido exaustivamente na Sessão da Tarde. No mundo do cinema, correm boatos que o filme ganhará um remake este ano. 

Fontes seguras nos deram informações sigilosas, mas que os nossos leitores terão acesso em primeira mão, que a Lagoa Azul de Salgueiro está sendo sondada para emprestar sua beleza à nova versão do filme. Aproveitando nossa passagem pelo Sertão, o RecifEstranho foi lá conferir o lugar.

Descoberta, por acaso, no meio do ano passado, durante as obras da Transnordestina, a lagoa encanta por suas águas transparentes, pena que não nos banhamos, e por seu relevo. O Grand Canyon perde de longe (Fui tomada pela megalomania pernambucana, ai Deus!).
A vegetação já se adapta à nova condição do ambiente
Porto de Galinhas? Rá rá rá, a água de Salgueiro é muito mais transparente-azul


Situado no Sítio Mulungu, o local foi descoberto quando os trabalhadores dinamitaram a área. A explosão atingiu um lençol freático e o trecho foi inundado rapidamente. Não sou muito boa com medidas, mas dizem que a Lagoa Azul salgueirense tem 4 quilômetros de extensão, cerca de 15 metros de altura (esse número pode variar dependendo do trecho) e 60 metros de profundidade, DIZEM.
Pedra quebrada
Além do atrativo turístico, a lagoa é considerada refúgio de meditação e inspiração por gênios da música alternativa da cidade. O baluarte da música salgueirense, Yuri Caldas, visitou o oásis ano passado e, desde então, retorna ao local em busca de novas composições. "Rapaz, a lagoa é um ambiente inspirador", descreve.

A equipe do RecifEstranho (:D) ficou maravilhada com o lugar. Depois de enfrentarmos várias adversidades como uma Seriema, um velhinho louco que quase batia no carro (e depois saiu rindo!), vegetação árida e sede extrema, a paisagem foi recompensante.

Foto pra ganhar prêmio!
Olhar contemplativo da beleza do mundo: 
- Como um lugar tão quente é tão bonito?

Ótimo local para prática de técnicas de morte

A área é do Governo Federal, no entanto, ainda não foi definido o destino que será dado ao  local. Se será transformado em ponto turístico regulamentado, se a água será destinada para os sítios vizinhos. Nosso blog está de olho atento!
Yuri Caldas pegando inspiração

Mas nem tudo é só beleza! Não "perdam" a segunda parte de nossa expedição desbravadora à Lagoa Azul.

Marcela Balbino e Rodolfo Nícolas se sentiram em uma grande produção cinematográfica.

*Tivemos a colaboração do fotógrafo Rafael Loucura, o guia Yuri Caldas e o galeguinho- corre-atrás-de-trio, Caçulinha. Todos estes colaboradores fazem parte da equipe Pajaracas.
Esta foto fala por si só.

2 Reactions to this post

Add Comment
  1. Ju Valença Campos disse... 12 de janeiro de 2012 09:14

    hauhauahuahauhauahuahuahuaha Sou fã desse blog!

  2. Vanessa disse... 12 de janeiro de 2012 18:28

    Mas esse Sertão é um danado mesmo!
    Boa viagem, desbravadores!

Postar um comentário