quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Para desgosto e desprazer da minha amada, bem como desconforto da minha coluna, optei por fazer uso do transporte público coletivo como principal meio de locomoção (mas juro a minha morena que assim que minha pós acabar eu tiro a carta de direção para ser motorista dela). Não tenho carro nem pretendo comprar um tão cedo. Até sonho com uma bicicleta que não seja a ergométrica, pena não ter onde guardá-la. Também sou um caroneiro militante.
Foto aleatória retirada do site passpalavra.info

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Batatinha bem quentinha, batata, bataaaata, batata, bataaaata! E tu já pensou em um restaurante especialista em batatas? Mas não é batata frita, souté, purê (ou pirêt?), noisete ou essas coisas não, é só batata assada! Pra não dizer que é só assada, o Batata Inglesa vende também um tipo de batata fritada e batata palha.
Direto da Grã-Bretanha (ou seria Reino Unido?)
Extreme combo alimentício: arroz, estrogonofe de filé, carne moída dentro da batata com queijo

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

////
"Você vai gostar de conhecer. É tão bom chegar nesse lugar. Uma nova história se abrir...". Bem, coincidência ou não, na hora em que cheguei no novo bar da Zona Norte, a convite da amiga Milenna Gomes, do Não Sei Cozinhar, esta música de Academia da Berlinda estava tocando. E música é um negócio que mexe comigo. Marca, bate fundo, registra. E no Bodega do Futuro a música é boa e a cerveja é gelada. Quer combinação melhor? 

Foto: Priscila Tenório/Divulgação

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Eu comecei a frequentar essa padaria ano passado e desde o começo eu só tinha um único objetivo (além, é claro, de comer o bolo de rolo de chocolate, comer as provas gratuitas de bolo de milho e bolo engorda marido, de comprar alfajor, de comprar coxinha e pastel de festa, de lanchar no balcão, de tomar suco feito naquela máquina efistaile que corta e espreme as laranjas que caem do trilho de ferro, etc...). Meuobjetivo era a conquista! A conquista! A conquista! Como um Doutor Gory moderno eu só queria conquistar uma coisa que ninguém sabia o que era, e depois de um ano eu morri na Padaria Rosarinho (me nego a chamar de Rosarinho Delicatessen).
Padaria Rosarinho

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Eu não gosto de inhame... nunca me dei bem com aquela macaxeira de segunda linha. Poxa, a macaxeira é tão legal cozida ou frita e o inhame você tem que deixar ele horas na fervura e mesmo assim ele corre o risco de ficar duro. É como um homem amargo, vai passar a vida toda e não vai sorrir pra o mundo. Ah, e podem me crucificar, mas eu acho cuscuz uma farofa molhada de segunda, eu como, mas se tiver outra coisa eu prefiro. Na Skina Nordestina só tinha cuscuz e inhame...
Cardápio do dia com preços camaradas!